Pesquisa – Barra do Garças

Compartilhar:

PESQUISA: AMIGOS, ESTÁ SE FINALIZANDO O ANO DE 2017 E PARA O ANO TEREMOS AS ELEIÇÕES PARA DEPUTADOS ESTADUAIS, VAMOS FAZER UMA PESQUISA ENTRE NÓS E VER O VERDADEIRO RETRATO DOS PRÉ-CANDIDATOS DE BARRA DO GARÇAS, VOCÊS PASSEM PARA OS VOSSOS AMIGOS A VOTAÇÃO É PUBLICA.

[totalpoll id="25080"]

Voto branco x voto nulo: saiba a diferença

Apesar de o voto no Brasil ser obrigatório, o eleitor, de acordo com a legislação vigente, é livre para escolher o seu candidato ou não escolher candidato algum. Ou seja: o cidadão é obrigado a comparecer ao local de votação, ou a justificar sua ausência, mas pode optar por votar em branco ou anular o seu voto.

Mas qual é a diferença entre o voto em branco e o voto nulo?

Voto em branco

De acordo com o Glossário Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em branco é aquele em que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos. Antes do aparecimento da urna eletrônica, para votar em branco bastava não assinalar a cédula de votação, deixando-a em branco. Hoje em dia, para votar em branco é necessário que o eleitor pressione a tecla “branco” na urna e, em seguida, a tecla “confirma”.

Voto nulo

O TSE considera como voto nulo aquele em que o eleitor manifesta sua vontade de anular o voto. Para votar nulo, o eleitor precisa digitar um número de candidato inexistente, como por exemplo, “00”, e depois a tecla “confirma”.

Antigamente como o voto branco era considerado válido (isto é, era contabilizado e dado para o candidato vencedor), ele era tido como um voto de conformismo, na qual o eleitor se mostrava satisfeito com o candidato que vencesse as eleições, enquanto que o voto nulo (considerado inválido pela Justiça Eleitoral) era tido como um voto de protesto contra os candidatos ou contra a classe política em geral.

Adsense

B04 300x250   B01 - 300x250   Europa 300x250   Destinos Ecológicos 300x250   _B001 300x600
Print Friendly, PDF & Email